Práticas e Costumes

Crenças

Toda a fé islâmica tem como base glorificar totalmente e somente Deus. A própria palavra Islã quer dizer "rendição", ou "submissão". O seguidor da religião islâmica deve obedecer cegamente o descrito no Corão, ser fiel a mensagem de Deus por meio de que dise Maomé, porém afirmou que os cristãos e judeus no Corão tem garantia de respeito e tolerância.

O seguidor do islamismo tem como algumas de suas obrigações "promover o bem e reprimir o mal" (porém mater o Jihad, o que é dificil), evitar a usúria e o jogo e não consumir o álcool e a carne de porco.


Um objetivo do Islã é obter o Jihad, aqui no Ocidente conhecido como terra Santa. É o seguinte, Islã ensina que o mundo está dividido em duas partes: dar al-islam (terra muçulmana) e dar al-harb (terra não-muçulmana), que essas partes devem viver em constante guerra e quem morrer por ela vai diretamente para o paraíso.


Os muçulmanos acreditam no dia do juízo final e na vida após a morte, e também na unidade da "nação" do Islã - uma crença simbolizada pela gigantesca peregrinação anual a Meca, que reune muçulmanos do mundo todo, lado a lado.



Cinco pilares

Os cinco pilares do islamismo formam a estrutura de vida do seguidor da religião. São eles:
Chahada: Pronunciar a declaração de fé, "Não há outra divindade além de Deus e Mohammad é seu Mensageiro".
Salat: Realizar as cinco orações obrigatórias durante cada dia. Estas que estabelecem uam ligação direta entre Deus e o mulçumano. E como não existem padres, ou pastores, é um sábio do Corão que direciona as oraçãoes em Árabe, mas o mulçumano faz seus pedidos no idioma de escolha. Normalmente são feitas no amanhecer, ao meio-dia, no meio da tarde, no cair da noite e à noite. Não é obrigatório orar na mesquita - o ritual pode ser cumprido em qualquer lugar.


Zakat: Fazer o que puder para ajudar quem precisa, a caridade é uma obrigação do muçulmano, mas deve ser voluntária e, de preferência, em segredo.
Jejuar durante o mês sagrado do Ramadã, todos os anos. Nesse período, todos os muçulmanos devem permanecer em jejum do amanhecer ao anoitecer, abstendo-se também de bebida e sexo. As exceções são os doentes, idosos, mulheres grávidas ou pessoas com algum tipo de incapacidade. No fim do Ramadã, o muçulmano celebra o Eid-al-Fith, uma das duas principais festas do calendário islâmico.
Haj: Realizar a peregrinação a Meca. Todos os muçulmanos com saúde e condição financeira favorável deve realizar a peregrinação pelo menos uma vez na vida. No fim da peregrinação, há o festival de Eid-Al-Adha, com orações e troca de presentes - a segunda festa mais importante.

15 comentários:

life disse...

Upp vlw seu blog e muitoo bomm mesmo valeu me ajudo.. na escola

add ae msn gabrielkaiq@hotmail.com

visite o meu blog de downloads variados

http://www.srdownlods.blogspot.com/

vlw fui

Carine disse...

poxa,essa mat´ria é muito boa mesmo,e me ajudou muito no meu trabalho de essino religioso do colégiosão paulo,aqui de belémdo pará:D brigadão pela ajuda:D

thayra disse...

concordo com vc6 ai olha,esse blog ai e muito bom mesmo,e me ajudo muito,sempre q meu professor de historia passa trabalho,so pesquiso nesse blog.

add ai no orkut:sabotagem_hta@hotmail.com
e no msn:
thayra_zinha@hotmail.com
bjos

Chica Pedro disse...

SÓ QUERO 10 NA PROVA DE HISTORIA SKAOSKAOKSOAKSOAKSOAKSOAKSOAKSOA

rama disse...

È sempre bom todos nós sabermos das outras religiões....não é verdade?

Jaine disse...

eu amei D+ essa matéria,é muito legal saber coisas de outrs países!

Deborah Cavalcante disse...

vc com certeza vai me ajudar no trabalho

Claudio e Diego disse...

Tava precisando disso para um trabalho vlw!!!

Ana Carool disse...

vlw msmo ai kra mto boom mesmo !!! ava recisando disso prum trabalho ai brigado gostei mto !!

adlen disse...

esse site ñ tem nada que preste isso ñ interessa a ninguém quem é que gosta disso? o povo só lê isso quando tem que fazer trabalho para a escola e mesmo assim nem lê.....
ass: a mão da pessoa que escreveu

Vitor disse...

Esse sait e muito bom fala sobre os costumes da religiao islamismo....

download disse...

vlw nub vsf kkkkkkk

Abigail Rodrigues disse...

Pessoas futeis e que gostam de permanecer na ignorancia, acham que uma página como esta não vale de nada. por contra partida aconselho aos donos do blog; que coloquem questões a favor mas tambem contra, por que as leis que foram instituidas a essa religião e as barbaridades que acontecem nos países que seguem rigorosamente essas leis, É TREMENDAMENTE SURREAL!

alien13 disse...

Antes de mais nada, Anders da Noruega não é um assassino, é um idealista, e com seu ato, como ele mesmo disse: "cruel, mas necessário", apenas teve a intenção em alertar o mundo sobre os maléficos muçulmanos, que se infiltram na Europa, sob pretexto que são perseguidos no Oriente Médio, e na primeira oportunidade, fazem terrorismo nos países que os acolheram.

Resumindo: na França, queimam as propriedades dos ocidentais, sob qualquer pretexto, e pagam desocupados para fazerem o “serviço”, em conjunto, para não serem incriminados. Na Rússia, mataram dezenas de crianças numa escola, mas ali não puderam negar a autoria. Na Itália, estupraram mais de 600 (seiscentas) meninas de 12 a 16 anos de idade, obviamente virgens, o que foi amplamente divulgado, fora as que nada contaram. Na Inglaterra incendiaram várias cidades inglesas, somente porque um islamita foi morto pela polícia, e também estupram meninas inglesas. Nos USA, todos sabem o que aconteceu, porque foi amplamente divulgado, e No Brasil, o assassino que matou vários estudantes num colégio, tinha ligações com terroristas islâmicos, inclusive pela Internet, mas depois todas as provas sumiram, entre outras atrocidades pelo Ocidente afora.

Como todos os assassinos são covardes, nunca assumem a autoria de seus crimes. Mas, sentiram a realidade, com a morte de islamitas e seus simpatizantes, na Noruega.

Islamismo não é religião, mas uma Seita Pedofílica e política, com suas leis próprias, nas quais a pedofilia é legalizada por lei do Islã. Qualquer muçulmano jovem ou velho, pode casar com meninas de 9 (nove) anos de idade, para suas orgia pedofílicas, e quando morrem nessas orgias, apenas são substituídas por outras vítimas infantis. Alegam que é costume, para justificarem suas perversões sexuais. Bem, eles seguem o exemplo do pedófilo Maomé (Mohammed), que chamam de profeta, e cuja última esposa, a Ayshah, tinha apenas 8 (oito) anos de idade.

Antes do ato de Anders Behring Breivik, a Nova Ordem dos Templários não era conhecida, agora essa Sociedade Secreta se espalhou pelo mundo inteiro, com milhares de seguidores, que estão aumentando a cada dia. Se era esse o objetivo de Anders, a divulgação, então conseguiu!!! E, a islamofobia se fortificou pelo mundo civilizado, graças ao corajoso Anders de Noruega.

Filha de Hermes disse...

Nossa muito legal. Isso vai me ajudar muito no debate que vou ter na escola sobre o islamismo.